sábado, 17 de dezembro de 2016

Max Lucado - Nas garras da graça



“Pode alguma coisa me impedir de amar você?”, Deus pergunta. “Observe que falo sua língua, durmo em sua terra e sinto suas dores. Contemple o Criador da visão e do som quando ele espirra, tosse e assoa o nariz.
Quer saber se eu entendo como você se sente? Olhe dentro dos olhos vibrantes do menino de Nazaré; é Deus indo à escola. Pense na criança à mesa de Maria; é Deus derramando o leite no chão.
“Quer saber até quando meu amor vai durar? Encontre a resposta numa cruz lascada, no alto de um monte íngreme. É a mim que você vê lá em cima, o seu Criador, o seu Deus, transpassado por pregos e sangrando, coberto de cuspe e encharcado do pecado. É o seu pecado que estou sentindo. É a sua morte que estou morrendo. É a sua ressurreição que estou vivendo. É esse o tamanho do meu amor por você.”

Livro Nas garras da graça



Nenhum comentário:

Postar um comentário

E você, o que achou? deixe seu comentário!